segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Black2Black

Este foi o nome de um evento ocorrido no final de semana no Rio de Janeiro. Em meio a palestras, conferências, exposições e muita música, a ideia era discutir o que significa ser negro no Brasil e no mundo.
Toda a cobertura feita pela Globo e transmitida no primeiro jornal de manhã foi pautada pela valorização do negro (o que é politicamente correto), mas o repórter (experiente) só ouviu a realizadora do evento: uma branca. Nem precisa conhecer semiótica pra prestar atenção na incoerência...

Nenhum comentário:

Postar um comentário