terça-feira, 22 de setembro de 2009

Jornalismo Econômico

Chato, difícil, para engravatados...
Não são poucas as definições pessimistas para o Jornalismo Econômico.
Entretanto, se as pessoas tivessem consciência da importância de saber ler as entrelinhas dos números da inflação, dos juros, dos preços...certamente o país não seria tão miseravelmente desigual.
Penso em tudo isso enquanto releio Jornalismo Econômico, de Suely Caldas (Editora Contexto). Livro simples, de linguagem fácil, acessível, direta, clara e objetiva. A obra é indicada para todos os acadêmicos de Jornalismo e coleguinhas que quiserem conhecer um pouco mais da área, suas histórias e, especialmente, a importância destas notícias na vida dos cidadãos.
Para deixar um gostinho de "quero mais", só algumas frases da autora:

"É preciso reconhecer que quem por vezes pode deixar o jornalismo econômico difícil e chato é o próprio jornalista."

"...(o jornalismo econômico) é um guia de sobreviência indispensável para nossa vida cotidiana".

Leiam e depois me digam o que acharam.

Um comentário: