domingo, 29 de março de 2009

Eleita nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

O Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (SJSP) elegeu na quinta-feira (dia 26 de março), sua nova diretoria para o triênio 2009/2012. A chapa 1, de Guto Camargo (José Augusto de Oliveira Camargo), atual presidente, foi a campeã com 613 votos. A chapa 2, ligada à oposição que era liderada por Pedro Pomar, obteve 515 votos.

Para Sergio Murillo, presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), presente durante a apuração dos votos, a vitória dá impulso ao desenvolvimento da categoria. "Teremos agora a defesa pelo diploma de Jornalismo, que será votado no STF".

O presidente reeleito, que não é formado, ressaltou que na atual realidade do mercado a graduação se torna um diferencial e capacitador de mão-de-obra."Quando iniciei nas redações, as empresas funcionavam como uma escola. Aprendia-se o jornalismo na prática. Hoje, pela necessidade do mercado, as empresas não podem mais fazer esse papel. Elas querem apenas profissionais já capacitados. A escola torna-se hoje o aprendizado".

A nova gestão começa no mês que vem com renovação de 60% do quadro diretor. Ela terá como objetivo aproximar profissionais de redação e acadêmicos das atividades jornalísticas. Segundo Camargo, o sindicato deve promover o elo entre a teoria e a prática, com a realização de palestras, eventos com profissionais renomados na área e círculos de debates.

Com informações do Portal Imprensa