segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Eita profissãozinha difícil!

Número de jornalistas presos é recorde em 14 anos


Comitê para Proteção de Jornalistas informa que o número de profissionais presos no mundo é o mais alto nos últimos 14 anos: 145.

O Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ) informou que o número de jornalistas presos no mundo é o mais alto nos últimos 14 anos, 145 no total. China e Irã são os países com maior quantidade de profissionais em cárcere, com 34 cada, informa EFE. A constante repressão de vozes críticas no Irã e a brutal supressão na China do jornalismo étnico elevaram o número de jornalistas em prisão a seu nível mais alto desde 1996, declarou a organização. Outro destaque do levantamento é a ausência dos Estados Unidos na lista, fato inédito desde 2004.
O número de 145 jornalistas previstos no início deste mês supera os 136 registrados em mesmo período do ano passado. Em 1996, foram contabilizados 185 jornalistas presos devido à repressão da Turquia contra a imprensa curda.
Sobre as detenções norte-americanas, a redução ocorre após a libertação de todos jornalistas presos anteriormente no Afeganistão, Iraque e na prisão de Guantánamo, em Cuba - único país latino-americano citado na pesquisa.
Eritreia (17), Mianmar (13) e Uzbequistão (6) completam a lista dos cinco países com maior número de jornalistas detidos. Países da África e da Ásia são a maioria no levantamento.

(Fonte: Portal Imprensa - WEB - 08/12/10)

Nenhum comentário:

Postar um comentário