quarta-feira, 29 de junho de 2011

Um prazer!


Olha eu aí do ladinho capacitando professores do ensino fundamental da rede pública para o uso de jornais em sala de aula como ferramenta lúdica e pedagógica. Desenvolvo este trabalho na Folha da Região e tem sido gratificante!

Efeito da globalização?

No dia 28 de junho, dois jornais - Diário da Região, de São José do Rio Preto, e Folha da Região, de Araçatuba - tiveram ideias semelhantes para estampar nas suas capas: o aumento dos pedágios. A coincidência (?) foi trabalhar um infográfico 'rasgando' o espaço. Vejam:




Alguns teóricos da comunicação condenam a globalização dos temas que os grandes veículos de comunicação teimam em massificar, questionam o papel dos gatekeepers e propõem novos modelos com pautas diferenciadas, sugeridas até pelo público; abordagens especiais, ganchos diferenciados. E vocês, o que pensam sobre tudo isso?

Ótima dica

Sempre que puderem, acessem: http://www.midiamundo.com/
Nesse espaço você encontra análises de capas de jornais muito interessantes. Atenção para esta que selecionei pra vocês:


"Ótima iniciativa do Jornal de Santa Catarina (Blumenau, SC): entrou em uma favela a poucos quilômetros dos glamourosos balneários de Camboriu e Itapema. A foto de Jandyr Nacimento, na capa do jornal, é fantástica e realista. A matéria, necessária, ganhou espaço nobre".

O trabalho do jornal do sul me fez lembrar que nas pesquisas para o meu mestrado (disponível na biblioteca virtual da PUC/SP), encontrei exemplo semelhante, da década de 1990, quando uma repórter escalada para cobrir a inauguração do parque da Disney na Califórnia descobriu que do outro lado da rua havia uma favela, pessoas que moravam em "casas" de lata. No lugar, muitas drogas, prostituição e violência. Com o civic journalism praticado por aquele periódico e mais algumas centenas de voluntários (empresários, educadores, profissionais da saúde etc) o lugar mudou drasticamente em pouco tempo.
Fica aqui a dica para um jornalismo mais de resultados e não só de denúncias.