quinta-feira, 30 de junho de 2011

Eu, a entrevistada

Fato incomum: jornalista que vira notícia.
Respondi a entrevista que reproduzo abaixo para um cidadão araçatubense que ainda não tive o prazer de conhecer pessoalmente. Sei que é marido de uma professora, para quem apresentei o programa que coordeno 'Ler para Crescer', de incentivo à leitura e à cidadania, durante HTPC em uma das escolas pública da cidade.
Ela, entusiasmada, contou ao marido, blogueiro, sobre o meu trabalho e ele se interessou, quis mais detalhes. Entrou em contato, me entrevistou por e-mail e escreveu o texto.
Este 'cidadão de araçatuba' não é jornalista. Também não é da área de letras ou humanas. Mas é gente, pensa, sente, fica indgnado, admira, portanto, tem opinião, que deseja expressar.
É essa a força dos blogs na comunicação. Todo cidadão tem o direito de fazer valer a sua voz e esta ferramenta da web 2.0 é muito importante e veio para ficar. Quem souber usar bem, já está na frente.
Reproduzo abaixo a entrevista, mas dou a dica: conheçam o blog http://cidadaoaracatuba.blogspot.com/